III Simpósio Internacional Leite Integral

Aconteceu | 09 de Maio de 2013 Voltar

Simpósio reuniu especialistas mundiais para discutir as melhores estratégias de manejo em rebanhos leiteiros

IMG_3542.JPG (905 KB)

IMG_3586.JPG (892 KB)

A terceira edição do Simpósio Internacional Leite Integral, organizado pela Revista Leite Integral e pela AgriPoint, reuniu em Belo Horizonte, nos dias 09 e 10 de maio, os maiores especialistas mundiais em manejo de rebanhos leiteiros, os quais dividiram com os participantes suas experiências e rotinas de trabalho em algumas das mais importantes fazendas leiteiras do mundo, onde trabalham como consultores. O Simpósio, que teve o patrocínio das empresas Bayer, Nutron, CCPR, Tortuga, Agroceres Multimix, Agener União, Vaccinar e MSD Saúde Animal, contou com a presença de 600 participantes, sendo, em sua maioria, técnicos do setor, além de produtores de leite e estudantes.

Na manhã do dia 09 de maio, após o discurso de abertura do evento da Dra. Flávia Fontes, editora chefe da Revista Leite Integral e coordenadora geral do evento, houve a premiação e apresentação do melhor trabalho de pesquisa, dentre os cerca de 70 trabalhos inscritos para o evento. O trabalho, intitulado “PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO DO LEITE DE VACAS SUPLEMENTADAS COM FONTES DE GORDURA MANTIDAS EM PASTAGEM TROPICAL foi apresentado por um de seus autores, Fernanda Lopes Macedo, da Esalq/USP. O trabalho teve como objetivo apresentar as vantagens da suplementação, com sais de Ca de óleos de palma e de soja, para vacas em início de lactação, mantidas em pastagens tropicais bem manejadas. Os demais trabalhos científicos enviados foram apresentados por seus autores durante as sessões de pôsteres, nos dois dias do Simpósio.

A primeira palestra foi ministrada por Don Niles, Médico Veterinário e sócio/administrador da Dairy Dreams, fazenda com 2.800 vacas, localizada na cidade de Casco, Wisconsin, nos EUA, e com produção média por vaca/lactação de 12.700 kg de leite. Niles, um dos mais renomados consultores da bovinocultura leiteira americana, discutiu sobre as formas de se avaliar o sistema de manejo de uma fazenda leiteira. O palestrante iniciou sua apresentação mostrando vários índices que, segundo ele, devem ser as metas a serem alcançadas em rebanhos bem manejados. Impressionou a plateia ao abordar, detalhadamente, as diferentes atividades de uma fazenda leiteira, que vão desde o manejo no pré-parto e neonatal, passando pelo reprodutivo e nutricional.

Na sequência, Paolo Berzaghi, Professor e extensionista da Università Degli Studi di Padova, na Itália, falou sobre os pontos chave no manejo da dieta total. Especialista em manejo nutricional, com ênfase em práticas de fornecimento da dieta e avaliação de alimentos para vacas leiteiras, Paolo abordou aspectos da variabilidade da composição e teor nutricional da silagem, e, dentre estas variações, quais são as que realmente têm importância na resposta produtiva das vacas leiteiras. Ele discutiu também sobre a importância e a viabilidade econômica de se fazer análise de controle de qualidade da silagem fornecida aos animais.

De volta às experiências americanas, Michael Hutjens, professor aposentado da University of Illinois/EUA e extensionista, um dos maiores ícones mundiais em manejo nutricional de vacas leiteiras discursou sobre manejo alimentar visando à longevidade destes animais. Hutjens discutiu sobre os cuidados com a alimentação, evitando os distúrbios relacionados à acidose ruminal, potencializando os aspectos reprodutivos e imunológicos.

A manhã do segundo dia do simpósio começou com a apresentação do brasileiro Ricardo Chebel, professor e extensionista da University of Minnesota/EUA, que falou sobre as principais decisões de manejo durante o período de transição, seu principal foco de trabalho. Mais especificamente, Chebel discutiu sobre como o agrupamento de vacas leiteiras em transição pode minimizar os problemas no periparto, principalmente com relação aos parâmetros nutricionais, imunológicos, metabólicos, produtivos e reprodutivos.

Ainda na manhã do dia 10, Paul Frickie palestrou sobre os maiores avanços relacionados ao manejo reprodutivo em rebanhos leiteiros. Ele, que é professor e extensionista na University of Wisconsin - Madison, nos EUA, abordou sobre como mensurar a eficiência reprodutiva e sobre os 5 pontos-chave para o sucesso reprodutivo em fazendas leiteiras.

O evento contou também com a apresentação de Alfonso Lago - consultor na área de saúde e produção em bovinocultura e pesquisador do DairyExperts - California/EUA. O palestrante espanhol discutiu sobre como estabelecer um efetivo programa de controle de mastite, abordando desde os aspectos voltados aos principais agentes envolvidos, os fatores predisponentes, as formas de monitoramento e manejo preventivo, e os programas efetivos de tratamento direcionados aos patógenos específicos.

Para encerrar o evento, a importante questão ambiental foi o tema da palestra de Vinícius Moreira, brasileiro, professor e extensionista na Louisiana State University AgCenter, nos EUA. Vinícius abordou o manejo de dejetos em fazendas leiteiras, enfocando as principais formas de reduzir a perda de nutrientes nos dejetos e as opções de tratamento para os diferentes tipos de resíduos produzidos em fazendas leiteiras.

Segundo Flávia Fontes, os objetivos da organização do evento foram cumpridos. "Estamos muito felizes com a qualidade do público presente, que propiciou um altíssimo nível de discussão durante as seções de perguntas. Acreditamos que esse evento possibilitou um grande aprimoramento técnico de todos os participantes", afirma. Ainda segundo ela, as equipes da Leite Integral e da AgriPoint já estão trabalhando firme na organização do IV Simpósio Internacional Leite Integral, que tem data prevista para maio de 2014.