RESOLVA, SE PUDER - edição de janeiro/2019

Geral | 09 de Janeiro de 2019 Voltar

RESOLVA, SE PUDER! Queremos ver quem pode solucionar o desafio deste mês. Você está pronto? Então vamos à descrição do caso:

  • O proprietário de uma fazenda reclamou com seu veterinário que uma de suas bezerras não estava bem. Ela havia mamado pela manhã, mas recusou o leite à tarde. Por refeição, são fornecidos 2 L de leite, em balde.
  • O veterinário fez um exame completo da bezerra e descobriu que ela estava com 7% de desidratação, turgor cutâneo reduzido e apresentava diarreia. 
  • Porém, o TPC (Tempo de Perfusão Capilar) era de três segundos, o animal não tinha febre, e as frequências cardíacas e respiratórias estavam dentro do intervalo normal. 
  • Um sinal, entretanto, chamou atenção do veterinário: havia uma distensão abdominal no lado esquerdo do animal. Ao fazer o exame de palpação e balotamento, o veterinário chegou à conclusão de que o aumento de volume havia sido causado pela presença de grandes quantidades de líquido e gás no rúmen. 
  • Para ter certeza do que se tratava, ele passou uma sonda esofágica e retirou uma amostra do conteúdo ruminal, constatando um líquido de coloração esbranquiçada, odor ácido e pH entre 4 e 5.
     
    AGORA É A SUA VEZ de ajudar esse veterinário a determinar o diagnóstico e entender o que pode ter causado essa condição. Qual o tratamento e o que deve ser feito? 
     
    Envie sua solução do caso para bianca@integralcomunicacao.com ou mande por inbox nas nossas redes sociais @revistaleiteintegral.
     
    A melhor resposta será publicada na edição de fevereiro da Revista Leite Integral!
     
    Seguem abaixo algumas fotos do que foi observado no exame do animal:
 
 
Foto 1.png (2.44 MB)
Bezerra que foi atendida. Ela estava apática e não mamou o leite oferecido à tarde 
 
 
 
 
Foto 2.png (2.68 MB)
Distensão do abdômen do lado esquerdo 
 
 
 
Foto 3.png (2.67 MB)
Distensão do abdômen do lado esquerdo e área próximo à inserção da cauda com sujidade, indicando que este animal estava, possivelmente, com diarreia
 
 
Foto 4.png (1.28 MB)
Líquido de coloração esbranquiçada e odor ácido retirado por sonda do rúmen do animal
 
 
Foto 5.png (2.65 MB)
Exame por fita medidora indicando pH entre 4 e 5 do líquido retirado do rúmen

 

Estamos aguardando a sua solução para o desafio. Contamos com a sua participação!