Este site utiliza cookies

Salvamos dados da sua visita para melhorar nossos serviços e personalizar sua experiência. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade, incluindo a política de cookie.

x
ExitBanner
#bebamaisleite, O leite no mundo, Sustentabilidade

DESAFIOS DO MERCADO DE LÁCTEOS CHINÊS

Embora o crescimento do mercado de lácteos da China ofereça oportunidades para as empresas de laticínios, as questões ambientais e as preferências dos consumidores por leite sustentável são desafios significativos a serem enfrentados.

DESAFIOS DO MERCADO DE LÁCTEOS CHINÊS

Nos últimos anos, o consumo per capita de leite nos Estados Unidos e na Europa tem apresentado uma tendência de queda. No entanto, a China destoa desses países, com uma demanda crescente que está tornando o país um dos mercados mais dinâmicos do mundo para produtos lácteos. Contudo, atender a essa demanda tem sido um desafio, principalmente para as fazendas leiteiras chinesas, que precisam lidar com condições ambientais desafiadoras. 

Recentemente, o prestigiado periódico internacional Journal of Dairy Science publicou um estudo que analisou a opinião dos consumidores chineses em cinco grandes cidades (Pequim, Xangai, Shijiazhuang, Xi’an e Harbin) sobre o leite UHT (temperatura ultra alta) produzido de forma sustentável. Para isso, foram realizadas estimativas da probabilidade de escolha do leite UHT produzido de forma sustentável em vez de leite convencional, bem como a preferência dos consumidores e a disposição de pagar pelo leite produzido de forma sustentável. 

De acordo com os resultados da pesquisa, os consumidores chineses valorizam o leite produzido de forma sustentável e estão dispostos a pagar um preço significativo por ele, com uma média de US$ 2,01 a mais por litro em comparação com o leite tradicional.

 OS CONSUMIDORES CHINESES VALORIZAM O LEITE PRODUZIDO DE FORMA SUSTENTÁVEL

No entanto, o estudo também apontou que os consumidores preferem o leite processado por marcas chinesas com leite cru de origem local, evidenciando uma forte preferência por produtos nacionais. Dessa forma, é evidente que as empresas precisarão ajustar suas estratégias de marketing e produção para atender às preferências dos consumidores chineses e ter sucesso no mercado de lácteos do país.
Assim como na China, é importante que produtores e indústrias brasileiras estejam atentos à crescente demanda por produtos lácteos sustentáveis que atendam às preocupações dos consumidores em relação ao meio ambiente e à segurança alimentar. Apesar do progresso significativo que o Brasil tem feito em termos de sustentabilidade ambiental, ainda existem desafios a serem enfrentados no setor leiteiro. Nesse sentido, a obtenção de certificações para as fazendas leiteiras e a adoção de práticas agrícolas mais sustentáveis são iniciativas importantes para atender à crescente demanda por leite no país, além de ajudar a reduzir o impacto ambiental da produção.



Fonte: Consumer preferences for sustainably produced ultra-hightemperature milk in China. Journal of Dairy Science2023.
DOI: https://doi.org/10.3168/jds.2022-22677

ANDREZA EBERSOL DOS ANJOS - Equipe Revista Leite Integral



Tags

Compartilhar:


Comentários

Enviar comentário


Artigos Relacionados